ARQUIVO DE ARTIGOS

Lìngua: PORTUGUÊS

Tagaytay, Filipinas: começou o Congresso EdC Asiático 2016

Em Tagaytay, inseridos no cenário do Lago-vulcão Taal, começou o primeiro dia do Congresso EdC Asiático 2016

por Jose Aranas

160525 29 Tagaytay Panasian Congress25 de maio de 2016 - O Congresso EdC Asiático 2016 intitulado: Economia de Comunhão, uma Economia para todos, acabou de começar na Mariápolis Peace, em Tagaytay City, diante do fantástico cenário do Lago - vulcão Taal. É interessante o fato que o Instituto Meteorológico Nacional anunciou, mesmo nesses dias, o começo de uma estação chuvosa que encerra um longo período de seca que causou muito sofrimento aos agricultores filipinos. As Filipinas estão também a entrar numa nova fase da sua história com a recente eleição do novo Presidente e a tomada de posse do novo governo.

Tess e Francis Ganzon, da comissão EdC da Ásia receberam os 300 participantes provenientes de várias partes da Ásia. Impressionante a delegação coreana, composta por 36 pessoas.  160525 29 Tagaytay Panasian Congress 12 ridOs corresponsáveis da Cidadela Peace, Giuseppe ArsiCecilia Caro  deram as boas vindas a todos fazendo votos para que este evento que celebra os 25 anos da EdC permaneça um marco da sua história, quer para a Ásia quer para todo o mundo.

Para apresentar melhor a Economia de Comunhão foi mostrado um vídeo exibido nas Nações Unidas: esse sublinha o objetivo específico da EdC pelo qual se comprometem todas as empresas: ajudar os pobres até chegar ao dia em que não haverá mais necessitados.

De seguida Luigino Bruni da Comissão Internacional da EdC partilhou a sua reflexão sobre os 25 anos da EdC. Começou por apresentar um gráfico com o PIB mundial dos últimos 200 anos. O gráfico demonstra que antes da revolução industrial o PIB asiático era superior ao dos Países ocidentais. Por quase 200 anos o PIB do Ocidente foi superior ao asiático. Foi apenas em 2010 que a Ásia reconquistou o primado do PIB sobre os países ocidentais. Bruni sublinhou que o futuro do mundo dependerá muito das economias que estão em desenvolvimento na Ásia. Em seguida, ele descreveu o que se tornou a EdC nestes 25 anos, e explicou por que estamos a celebrar o 25º aniversário da EdC na Ásia e nas Filipinas160525 29 Tagaytay Panasian Congress 13 rid. Certamente é antes de tudo graças à amizade e comunhão com pessoas daqui. Ele lembrou que a Comissão Internacional começou a refletir sistematicamente sobre a pobreza quando ele visitou as Filipinas em 2005 junto com o funcionário do Banco Holandês recentemente falecido Leo Andringa. Nessa ocasião viram a pobreza sob uma luz especial e de forma diferente. É por isso que a criação de um Observatório Internacional EdC sobre a pobreza está no centro das prioridades EdC. Mencionou também que uma vez Chiara Lubich, criadora da EdC, comentou: "Os pobres devem estar sempre no centro da Economia de Comunhão, porque enquanto não formos ao encontro das suas necessidades, não teremos atingido o nosso objetivo," que todos sejam um". Bruni sublinhou, ainda, o princípio da subsidiariedade e afirmou que a única realidade concreta do mundo é a pessoa real e que ele/ela deve estar sempre no centro de qualquer intervenção ou ajuda. E salientou que os pobres também têm competências e uma riqueza própria. A este propósito devemos ter extrema estima pela sua dignidade de pessoas e ter em consideração a sua capacidade de ter níveis significativos de resistência apesar de viver em condições de trabalho e de vida muito difíceis.
160525 29 Tagaytay Panasian Congress 14 rid

Por fim Bruni propôs uma reflexão estimulante sobre a inteligência das árvores em comparação com a inteligência animal para dar prova dessa resiliência. Após a intervenção impressionante de Bruni, muito apreciada por todos, Tina Bonifacio da Comissão EdC propôs aos participantes se conhecerem uns aos outros, agrupando-se de acordo com as suas competências: acadêmicos, empresários, profissionais, membros de organizações governamentais e não governamentais, e jovens ... 

Para terminar o dia de forma ligeira, os habitantes da Mariápolis Peace prepararam um alegre programa artístico e cultural: em particular os jovens apresentaram danças coloridas e vibrantes canções, aumentando a amizade e a comunhão entre todos.

Icona Flickr rid Veja a galeria de fotos

 Descarrega/baixe os slides de Luigino Bruni (as fotos são todas do Luigino)

Image

ARQUIVO DE ARTIGOS

Lìngua: PORTUGUÊS

LIVROS, ARTIGOS & MEIOS

Lìngua: PORTUGUÊS

Filtrar por Categorias

© 2008 - 2022 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - edc@marcoriccardi.it